O que se pode fazer na horta em Janeiro?

O que se pode fazer na horta em Janeiro?
9 Janeiro, 2018 Growit
Em Blog

Quando nos iniciamos neste mundo do cultivo de alimentos vimo-nos assolados muitas vezes por uma série de dúvidas perfeitamente legítimas. Até porque a maioria dos Hortelões Urbanos não tem formação técnica especifica. A panóplia de informação existente online, complementada por mil e uma dicas de amigos e conhecidos, muitas vezes lança-nos num mundo caótico de dados que nem sempre são os mais corretos. Para ajudar a organizar essa informação, vamos começar por explicar de forma clara algumas tarefas base dentro do muito trabalho que exige a criação e manutenção de uma Horta, pequena ou grande.

Uma das dúvidas mais comuns é o que semear/plantar, e quando o devemos fazer. Todas as plantas têm exigências básicas para sua boa geminação e desenvolvimento, sendo a temperatura quer do ar como do solo umas das mais importantes a ter em atenção. Quando escolhemos o que pretendemos cultivar devemos ter em atenção a região, visto que a variante ‘Clima’ determina o que devemos/podemos fazer e quando fazer a este nível.

Podemos dividir o País em 3 zonas climáticas bem distintas: o Norte (do Minho ao Douro) / o Centro (do Douro ao Tejo) e o Sul (do Tejo ao Algarve).

Em termos culturais do Minho ao Algarve podemos falar de uma diferença temporal de umas 4 semanas, isto é, o que se pode fazer em Janeiro no Algarve só em Fevereiro se pode fazer a Norte.

Outra questão que temos de levar em conta é se vamos trabalhar com viveiro ao ar livre ou com proteção de plástico (estufa). Nesta altura em que as temperaturas são ainda muito baixas as para as sementeiras em ar livre e com proteção temos de atentar cerca de 3 semanas de diferença entre um caso e outro. Todos estes pormenores condicionam a nossa acção e têm de ser esquematizados e planeados com vista a um melhor resultado final.

 

Região

Sementeira Direta

Sementeira em Alfobre (Viveiro)

Plantação

Norte

Espinafre-tetragónia ou da Nova Zelândia, Nabos e nabiças, rabanetes.

Alface, couve-galega e repolho, salsa.

Cebola, alface e couves diversas, alho.

Centro

Nabos e nabiças, rabanetes.

Alface, Cebola, tomate, couve-galega e repolho, salsa.

Cebola, alface e couves diversas. Alho. Batata em terrenos bem drenados e em zonas sem geada.

Sul

Rabanetes, cenoura, ervilha, feijão (no fim do mês), nabiças.

Alface, tomate, abóbora (em vaso individual para depois plantar).

Em abrigo protegido: pepino, meloa e pimento

Cebola, alface e couves diversas, alho, batata e tomate.

Horta em Portugal(BIO)